• Inicial >
  • A arquitetura de Chicago (part. II) – Obras de arte
  • | Voltar

A arquitetura de Chicago (part. II) – Obras de arte

Na primeira parte da trilogia sobre a arquitetura de Chicago, falamos sobre os arranha-céus.

Agora é a vez das obras de arte, que também são um ingrediente especial na arquitetura de Chicago.

A maioria delas são de visitação gratuita em parques e prédios. Então bora iniciar mais esse passeio por Chicago?

Opa, mas espera… já rolou uma matéria aqui no Blog sobre obras de arte, citando, por exemplo, o Cloud Gate, um dos cartões postais de Chicago.

Ok, então veja aqui as 5 obras de arte mais famosas das ruas de Chicago e seguimos abaixo com outras 5 obras de arte deslumbrantes 😉

 

 

1. “Miss Chicago” de Joan Miró

Também conhecida simplesmente como “Miró’s Chicago“, a escultura é considerada a mais famosa do artista catalão.

Inicialmente intitulada “The Sun, the Moon and One Star”, a obra de 12 metros de altura foi feita de bronze, pedra, ferro e cerâmica.

Joan Miró (1893-1983) a iniciou em 1979 e a entregou em 1981, colocando-a no meio do edifício Cook County Administration.

É interessante colocar aqui o link de localização com street view, embora há uma parada de ônibus bem na frente da escultura. Isso porque, virando uns 90º à esquerda, é possível ver a escultura de Picasso no Daley Plaza.

 

 

2. As 4 Estações de Chagall

Assim como Vivaldi na música, Marc Chagall (1887-1985) também tem a sua “4 estações” na pintura 😛

Os jardins do edifício do Chase Bank receberam esse lindíssimo mural em vivas cores.

A obra de Chagall representa 6 cenas da vida em Chicago: a humana, representadas em sua evolução física e espiritual; aves; peixes; flores; e sóis.

Entregue em 1974, a obra (no formato de “caixa retangular”, com 21 metros de largura) recebeu um vidro de proteção duas décadas depois, em 1994.

Quer ver no street view? Clique aqui!

 

 

3. Os mosaicos de Roger Brown

O artista estadunidense Roger Brown (1941-1997) recriou os personagens mitológicos Dédalo e Ícaro para colocá-los na fachada do Edifício 120 North La Salle.

Já que estamos falando de arte, aqui vai um resumo da lenda:

Dédalo cometeu um crime e foi condenado por Zeus, que o enviou, junto com o seu filho, Ícaro, para o labirinto do Minotauro (ser que é parte homem parte touro).

Para escaparem, Dédalo construiu asas com penas de gaivotas presas em camadas de cera de abelha e então pai e filho alçaram voo.

Ícaro então se deslumbra com o poder de voar e, ignorando os avisos do pai, se aproxima demais do sol, fazendo suas asas derreterem e então ele cair no mar, onde morreu afogado.

A obra de arte simboliza a criatividade, a liberdade e a superação das limitações.

Veja aqui pelo street view 😉

 

 

4. Os leões de Edward Kemeys

A arte já acontece logo na entrada do Art Institute of Chicago!

Os leões criados por Edward Kemeys (1843-1907) foram revelados em 10 de maio de 1894.

Certamente são os mais famosos de Chicago, muito fotografados por quem passa pela calçada da Michigan Ave.

A decoração dos leões em eventos importantes é uma tradição bem chicagoan, como quando o Cubs ganhou a World Series.

Aqui vemos os dois leões pelo street view.

 

 

5. Mural de Vivian Maier pintado por Eduardo Kobra

Nós do Blog Vou Pra Chicago somos apaixonados pelas obras do brasileiro Eduardo Kobra (43) ❤

Até onde sabemos, são dois murais em Chicago: o de Muddy Waters (que está na matéria As 5 obras de arte mais famosas das ruas de Chicago) e o de Vivian Maier.

Vivian Maier (1926-2009) viveu em Chicago e por muito tempo foi uma simples babá que andava sempre com uma câmera fotográfica.

Somente após a sua morte, John Maloof encontrou filmes não revelados em um antiquário de Chicago, trazendo ao mundo a obra de Vivian.

Uma das suas fotos mais famosas foi um autorretrato (muito antes de existir a selfie). Ela costumava fazê-los em vitrines e espelhos.

A foto original, de 1955, feita do reflexo de Vivian numa vitrine

Aqui tem uma matéria bem interessante sobre a vida de Vivian Maier.

A obra de Kobra que fica em Wicker Park foi entregue em 2017 e pode ser vista também aqui (street view).


 

 

Tem arte em Chicago hein! 🙂

Esta foi a segunda parte da matéria sobre a Arquitetura de Chicago.

A terceira e última que completa a trilogia será sobre os museus. Siga o nosso Blog!

 


Part. I: Arranha-céus
Part. II: Obras-de-arte
Part. III: Museus

Sobre o site

Vou pra Chicago

Políticas Editoriais

Editoriais

Publicidade

Anuncie aqui

Vou pra Chicago

voupra@chicago.com.br

© Vou pra Chicago 2016. Todos os direitos reservados.